*-*

Todas as pessoas têm conhecimentos.
Não há ninguém que saiba tudo;
Não há ninguém que não saiba nada!
Freire.

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Reformas Pombalinas - Aulas Régias e Obras Importantes!

Após a substituição do Diretor de Estudo, pela Mesa real Censória, Pombal cria o Plano Nacional do subsidio literário, logo após as Aulas Régias são implantadas:

  •        Também conhecidas como aulas avulsas;
  •        Pertenciam ao estado e não mais à Igreja;
  •         Foi a primeira forma do sistema de ensino público no Brasil;
  •         Serviam como aulas preparatórias de humanidades;
  •        Quem coordenava estas aulas era um Diretor Geral de Estudos, responsável pelos concursos e provimento dos professores régios para as diferentes cadeiras ou disciplinas;
  •         Para a sua manutenção foi criado o imposto chamado subsídio literário – para custear o ensino, houve um aumento no número de aulas régias, porém ainda muito precário devido à escassez de recursos, de docentes preparados e da falta de um currículo regular;
  •         Na prática, o sistema das Aulas Régias pouco alterou a realidade educacional no Brasil, tampouco se constituiu numa oferta de educação popular, ficando restrita às elites locais;
  •         Ao rei cabia a criação dessas aulas isoladas e a nomeação dos professores, que levavam quase um ano para a percepção de seus ordenados, arcando eles próprios com a sua manutenção;
  •          Existiam aulas régias ou avulsas de Latim, Grego, Filosofia e Retórica;
  •          As aulas régias eram autônomas e isoladas, com professor único e uma não se articulava com as outras.  

OBRAS IMPORTANTES

Verdadeiro método de
estudar,
de Luis Antonio Verney;
Método para aprender a medicina,
de Ribeiro Sanches;
Cartas sobre a educação da mocidade,
de Ribeiro Sanches



REFERÊNCIA: 
MAXWELL, Kenneth. Marquês de Pombal: paradoxo do iluminismo. RJ: Paz e Terra, 1996.
Att: Andrieli Dal Pizzol

Nenhum comentário:

Postar um comentário